Ínicio do site rastrosat.com Fale Conosco Visão Links Úteis Tecnologia Serviços Empresa Ínicio do site rastrosat.com Página inicial Fale Conosco Acesso Restrito - Administração do site
Coordenador de Logística
segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Fazendo parte da série sobre carreira e profissão de logística, hoje apresentamos a função de Coordenador de Logística. O cargo é bastante amplo, e por isso entrevistamos um jovem profissional que atua neste cargo numa empresa de transportes. Rodolfo Alvarenga é graduado em logística (curso Tecnólogo em Logística) e atua há alguns meses como Coordenador de Logística. Muitos jovens, que cursam o Tecnólogo em Logística ainda não tiveram a possibilidade de fazer um estágio, têm dúvidas sobre as possíveis áreas de atuação ou o que podem fazer para melhorar suas chances no mercado. Na entrevista concedida abaixo, muitas dessas dúvidas podem ser esclarecidas.

Ele destaca que para ter sucesso não basta ter conhecimento. É preciso mostrar liderança, saber relacionar-se com outros funcionários, mostrando acima de tudo respeito por todos. A boa relação aliada a atitudes dignas de um líder fazem a diferença entre o sucesso e o fracasso nessa atividade que envolve muitas pessoas, o tão falado trabalho em equipe.

Confira as perguntas e respostas da entrevista:

Como é o seu trabalho e quais as atividades que são sua responsabilidade como coordenador de logística?

Rodolfo Alvarenga - Coordenador de LogísticaSou coordenador de logística em uma transportadora cuja frota é de 70 caminhões, variando entre trucks, carretas, siders e bi-trens. Portanto, tenho o transporte como principal área de atuação. Sou responsável pela programação das cargas dos clientes, distribuindo os pedidos de transporte de forma a evitar atrasos nos prazos das entregas. Os pedidos são enviados via e-mail ou telefone com antecedência de alguns dias e, através de uma planilha eletrônica e um caderno, distribuo os pedidos de cada dia, encaixando os motoristas que se encontram na empresa e os que estão chegando de viagem. Porém alguns pedidos urgentes chegam em cima do prazo e precisam ser carregados o quanto antes. Dependendo da programação é necessária a contratação de terceiros para carregar determinada carga.

 

Ter um bom relacionamento com os motoristas é essencial para a execução do trabalho, pois entro em contato com eles o dia todo para informar a programação, resolver algumas contingências, informar sobre fretes de retorno para que o caminhão não volte vazio depois da entrega de algum produto em algum cliente. Enfim, dar um suporte necessário aos motoristas.

Regularmente, faço a emissão do CTRC (Conhecimento de Transporte Rodoviário de Carga), apesar de haver um pessoal responsável para esta atividade, mas é importante saber como emitir um CTRC e deixar toda a documentação certa para o motorista seguir viagem.

Qual a sua formação e como ela ajuda na execução de suas tarefas?

O primeiro curso de logística que fiz, foi um de 40 horas. Na época, em 2007, meu irmão que já trabalhava na área me chamou para fazer esse curso com ele. Resultado: gostei da área. Em 2008, comecei o curso superior de curta-duração de Logística, mais conhecido como Tecnólogo em Logística. O curso teve a duração de 02 anos e, durante todo esse tempo, aprendi sobre cada atividade e ferramentas envolvidas em uma cadeia de suprimentos, e o transporte, foi uma delas.

Como respondi na pergunta acima, tenho como principal atividade, a coordenação dos transportes. E, o que aprendi durante a faculdade, como características do modal rodoviário, seleção dos melhores tipos de veículos para cada tipo de viagem, negociação de frete, gerenciamento da frota, entre outros assuntos, acabo utilizando no dia-a-dia. Quando se tem noção e conhecimento teórico do assunto, fica mais fácil a prática, pois você sabe com o que está lidando.

Que tipo de cursos você recomenda que sejam feitos para alguém que deseje ingressar neste setor?

Para entrar na área, não é preciso ter um curso superior, apesar das melhores oportunidades serem disponíveis para as pessoas formadas nesses cursos. Hoje, existem vários cursos técnicos em logística e são ótimas alternativas para se conseguir entrar no mercado de trabalho. Para quem quiser cursar um curso de nível superior, muitas faculdades oferecem o curso de Tecnólogo em Logística, ou Curso Superior de Tecnologia em Logística. Eu me formei neste curso e não me arrependo, pois ele abrange de forma profunda a área, deixando você apto para  enfrentar o setor de logística.

Acho muito interessante também os cursos de Administração, Engenharia de Produção ou Mecânica e Economia, pois não focam apenas em logística, o que possibilita um campo de atuação maior. Independente da graduação, ingressar numa pós-graduação ou MBA é muito importante para obter novos conhecimentos e melhorar o currículo.

Participar de cursos e eventos é uma ótima oportunidade para se manter atualizado e, o melhor, conhecer gente nova e interessada no mesmo setor de trabalho, aumentando, assim, o networking.

Em minha opinião, ter conhecimento em uma língua estrangeira é obrigatório para quem quer atuar numa empresa, independente da área. Idiomas podem decidir uma vaga de emprego. É importante, no mínimo, ter conhecimento básico em alguma língua estrangeira, de preferência o inglês ou espanhol.

O mundo está cada vez mais informatizado, portanto, saber lidar hoje com softwares básico (pacote Microsoft Office, cujo destaque seria o Excel), internet e Windows é vital para todos.

Revistas são formas rápidas de se manter atualizado e conhecer mais sobre o setor, pois trazem matérias práticas de projetos elaborados em empresas. O mesmo vale para sites, como o caso do Logística Descomplicada (risos).

Qual a principal dificuldade que você enfrenta na realização de suas atividades?

Creio que a comunicação seja um dos maiores problemas enfrentados pelas empresas. Precisamos enxergar a cadeia de suprimentos como um todo, envolvendo todos os elos da mesma. A falta de uma estrutura de comunicação gera atrasos nos processos e problemas que poderiam ser evitados com uso de tecnologias de transmissão de dados.

No meu caso, só para citar um problema, ocorre de um pedido de carregamento do cliente ser enviado depois de feita a programação. E, o motorista que poderia carregar essa carga, caso o pedido fosse enviado no prazo correto, já carregou outra no lugar. Com isso, é preciso encontrar algum motorista que esteja livre no momento, mas em muitas vezes, todos já estão com a tarefa do dia em andamento. A carga do cliente poderia ser entregue no prazo certo caso o pedido de transporte tivesse sido enviado com um pouco de antecedência.

Para seguir nesta carreira, o que você sugere que seja feito?

Para conseguir um bom emprego na área, chegar a um nível de gestor, enfim, ter uma carreira de sucesso, é necessário muito esforço, dedicação, disciplina e objetivo. É investir em estudos, isso inclui pós-graduação, cursos de atualização, cursos de idiomas, softwares, participação em palestras, congressos, criar um networking com pessoas que dividem os mesmos interesses e, principalmente, ter gosto pela área.

O mais importante de tudo, independente do cargo, desde o faxineiro até o presidente da empresa, é ter respeito e educação com todos ao seu redor, pois só assim você será respeitado e visto como um bom líder.

Desejo sorte e sucesso à todos.

* Rodolfo Luiz Alvarenga é autor do blog Universo da Logística

Para não perder nenhuma matéria, você tem várias opções para receber as notícias da maneira que achar mais conveniente: feed, email, Twitter… escolha seu jeito preferido de receber todas as atualizações do site automaticamente.

Aproveitem as matérias e sucesso na carreira!

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
12/02/2014
16/09/2013
07/09/2013
07/09/2013
27/08/2013
21/08/2013
19/08/2013
19/08/2013
03/08/2013
03/08/2013

 

 

Fale Conosco Visão Links Úteis Tecnologia Serviços Empresa Desenvolvimento Leandro Rocha Soluções em websistemas